A Cabana de

Madame Leonora

Nascida do musgo do bosque e do orvalho da manhã,
Madame Leonora é uma poetisa e bruxa cujas histórias
inspiram o pensamento e nutrem a alma.

Este blog é uma jornada através de tramas de desejo, vontade e paixão, reunidos em diversos textos coletados ao longo de vários anos de estudo e trabalho. Aqui reside a oportunidade de vislumbrar um fragmento da Arte praticada por nossa congregação, não importando se os caminhos são novos ou velhos, mas pelo o que o caminho de fato é: solitário.

Tão logo entre nas páginas a seguir, você se tornará um ‘aprendiz’: aquele que busca admissão nos Mistérios da Antiga Fé. Em sua jornada irá encontrar mestres da arte, bruxos e bruxas, sábios que tem muito a lhe dizer e ensinar, por isso, seja atencioso. Considere com cuidado cada palavra, cada símbolo, pois entre eles se estende o caminho verdadeiro que transforma por completo, de cima até abaixo, as estruturas da realidade.

Como em toda jornada, seu caminho começa nessa Encruzilhada entre os mundo real e o virtual. Você está convidado a ficar aqui em minha cabana aprendendo tanto quanto puder, e se tiver alguma dúvida, basta usar o espaço comentários abaixo de cada texto.

Madame Leonora

Junte-se a Cabana no Telegram

Descubra mais sobre a Arte das Bruxas

A RAINHA DAS BRUXAS

27 de junho de 2016

O DOM DA BRUXA

4 de julho de 2016

A BRUXA SOLITÁRIA

11 de julho de 2016

O SANTUÁRIO DAS FEITICEIRAS

3 de setembro de 2018

A PONTE QUE ATA OS MUNDOS

10 de setembro de 2018
Amarrações na Bruxaria: em busca da origem

Amarrações na Bruxaria: em busca da origem

5 de agosto de 2020

A figura da bruxa européia, que vai ao sabá e voa em vassouras, nos foi introduzida por Portugal como atesta o folclorista e historiador Luís Câmara Cascudo, começamos então por Portugal. A cultura de Portugal foi composta por diversas outras culturas anteriores, sendo as principais o catolicismo, o islamismo e as práticas fetichistas da África. Portugal era aberta ao mar, recebia diversos povos e possui-a uma religiosidade híbrida. Adicionando-se a predominância do caráter rural os portugueses eram muito mais afeitos ao misticismo e a religiosidade pagã do que ao catolicismo.

LEIA MAIS
Copyright © Empório das Bruxas | Todos os direitos reservados.