Diz uma das ‘regras’ de nossa Arte: você não pode mudar a nada, e nem ninguém, se não mudar a si mesmo primeiro. O caminho da Arte é para dentro, e depois para fora. Primeiro você deve aceitar o fato de que você está sozinho nesta tarefa, pois mesmo que você tenha um mestre, este não pode obrigar você a mudar, a mudança sempre deve vir de dentro de você. 
Este passo é muito importante, compreender a solitude, e também a solidão, são dois aspectos da mesma transformação. Solitude é quando desejamos estar sozinhos, é o momento reflexivo onde avaliamos a nós mesmos, ao passo que a solidão, é estar só no meio da multidão, é uma escolha de fechar-se para o mundo. Após decidir trilhar este caminho você poderá encontrar estas mestras a lhe desafiar, uma doce, a outra amarga. Bruxaria é uma caminho de sabedoria, e a sabedoria nunca é obtida por meios exteriores, mas sempre interiores, você precisa viver para ‘saber’, esse é o caso do Amor. O Amor é maior que qualquer religião, credo ou filosofia, justamente por nascer de dentro para fora, se você não amar a si mesmo, jamais irá encontrar alguém que realmente lhe ame. 
Aprenda que nesta jornada muitas são as pedras e troncos, os tropeços e os acertos, você poderá contemplar paisagens de si mesmo que nunca viu, você irá desvendar seu próprio ‘eu’, desafiará seus limites e irá tão longe quanto puder sonhar. Esta é essência do caminho: conhecer (e amar) a si mesmo, em ordem de poder contemplar o mundo como ele é, e não como você espera que ele seja. Neste caminho não há muito espaço para ilusões, por isso, se quer mesmo vencer esta jornada, aprenda a detectar suas ilusões para com o mundo e para consigo mesmo. 
Se você acha que este caminho vai libertar você, ou se acha que irá ser uma pessoa poderosa, ou mesmo rica, infelizmente venho dizer-lhe que este caminho não lhe dará nenhuma destas coisas se você não for capaz de olhar para dentro com honestidade e sinceridade. Muitas são as máscaras que vestimos em nosso dia a dia, mas aqui você é advertido: somente os fortes sobreviverão aos desafios a frente. Tornar-se bruxa é ser tocado pelas mãos da Transformação, você jamais voltará a/o mesmo novamente.

O primeiro passo é ter plena certeza de quem você é, pois só assim saberá o que realmente quer. Enquanto isso não acontecer você irá pular de galho em galho, em buscas de respostas para questões que nunca cessam. É por isso que desde já reconheça a dor como sua maior aliada, ela sinalizará o que está errado, o que não é bom… mas ela tentará lhe enganar também, devido a resistência que criamos para mudar nossas vidas, devido a tantos apegos, é comum que você sinta uma dor que só está dizendo: isso está funcionando, algo está mudando. Como vê todas as coisas possuem um lado que é relativamente bom ou ruim, depende da sua perspectiva.

Madame Leonora